quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Uma Voz na Pedra


Não sei se respondo ou se pergunto.
Sou uma voz que nasceu na penumbra do vazio.

Estou um pouco ébria e estou crescendo numa pedra.
Não tenho a sabedoria do mel ou a do vinho.
De súbito, ergo-me como uma torre de sombra fulgurante.
A minha tristeza é a da sede e a da chama.
Com esta pequena centelha quero incendiar o silêncio.
O que eu amo não sei. Amo. Amo em total abandono.
Sinto a minha boca dentro das árvores e de uma oculta nascente.
Indecisa e ardente, algo ainda não é flor em mim.
Não estou perdida, estou entre o vento e o olvido.
Quero conhecer a minha nudez e ser o azul da presença.
Não sou a destruição cega nem a esperança impossível.

Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra.

António Ramos Rosa

10 comentários:

francis disse...

"Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra."

Tão simples e tão directo. Eu sinto-me um pouco assim.

XS disse...

É chato quando nos sentimos um meio termo....
Força, Only! As melhoras para o teu pai :)

DANTE disse...

'Não sou a destruição cega nem a esperança impossível.'
Òptimo!

beijo miuda :)

OnlyMe disse...

Bem vindo ao clube francis!!

XS, a esta hora ele está bem de certeza absoluta!

Jinhos Dante :)

sonhos/pesadelos disse...

mais uma brilhante escolha a tua!
bjs endiabrados

Hélio disse...

Mas porque teremos nós que amar alguma coisa em particular? ;)
Beijinho :)

susana disse...

amas em total abandono ou amas na totalidade?
beijinhos
su

Incapaz disse...

Infelizmente não sou muito dado a leituras, mas estas palavras são de um significado imenso.

"Indecisa e ardente, algo ainda não é flor em mim."

Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra"

OnlyMe disse...

sonhos/pesadelos, jinhos seleccionados :))

Eu também acho Hélio! Tudo ao molho e fé em Deus é o que está a dar!! lol
Jinhos :)

OnlyMe disse...

susana, o que me aconselhas tu?! ;)
Jinhos :)

Incapaz, obrigada pela visita aqui ao meu cantinho. Volta sempre que queiras!
Procuro apenas um pouco de mim nas palavras dos outros que o fazem muito melhor do que eu!
Jinhos :)